Ex-prefeito é preso por financiar roubo ao Banco Central de Fortaleza

Argeu Nunes Vieira, ex-prefeito do município cearense de Boa Viagem, foi preso pela Polícia Federal, acusado de ter sido um dos financiadores da quadrilha que furtou R$ 164,7 milhões do caixa-forte do Banco Central , em Fortaleza, em agosto de 2005. Vieira teria repassado R$ 100 mil aos criminosos e recebido, em troca, R$ 4 milhões do dinheiro furtado.

Ele é acusado de ter ligações com pelo menos outros dois membros da quadrilha: Antônio Jussivan Alves dos Santos, o Alemão – apontado como chefe do grupo – e Juvenal Laurindo, ambos de Boa Viagem, a 250 quilômetros de Fortaleza. Preso este ano, Alemão admitiu ter ficado com R$ 5 milhões. Ele foi condenado a 49 anos e dois meses de prisão.

Vieira foi preso quinta-feira, no Aeroporto Internacional Pinto Martins, quando desembarcava de Brasília. O mandado de prisão preventiva foi expedido pela 11ª Vara da Justiça Federal do Ceará. O ex-prefeito deve ser indiciado por formação de quadrilha e lavagem de dinheiro.

O advogado de Vieira, Paulo Quezado, disse que seu cliente negou envolvimento com o furto no Banco Central.

Vieira foi prefeito de Boa Viagem de 1994 a 1996. Ele foi candidato nas eleições deste ano, mas ficou em terceiro lugar.
Assaltantes levaram R$ 164,7 milhões do banco

Em 6 de agosto de 2005, uma quadrilha comandou o maior assalto a banco da história do Brasil. Os assaltantes levaram R$ 164,7 milhões do Banco Central de Fortaleza, após cavar um túnel entre uma residência e a sede do banco. Apenas 12% do valor foi recuperado até agora pela polícia. Pelo menos 11 pessoas foram condenadas.


Tags: , , , , , , ,

Não encontrou o que queria? Pesquise abaixo no Google.


Para votar clique em quantas estrelas deseja para o artigo

RuimRegularBomMuito BomExcelente (3 votos, média: 3,00 de 5)
Loading...



Enviar postagem por email Enviar postagem por email

Comentários

  • marcia disse:

    voces gastam tanto dinheiro com besteira, sou viuva tenho 4 filhos o mais velho tem 7 anos esses ladroes pegaram em tanto dinheiro e eu precisando pois passo necessidade nao posso trabalhar pois tenho probremas de saude os remedios sao caricimos mas nao posso conpra pois si comprar meus filhos morem de fome tenho um filha que nasceu com probrema de coracao estou desisperada.por favor mi ajude. caixa economica federal /agencia;1050
    conta;013. 64620-0.