Clodovil escapa da cassação

clodovil-hernandes

Por 7 votos a 0, o apresentador e estilista é absolvido pelo TSE
O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) absolveu, na noite de quinta-feira (12), o deputado federal Clodovil Hernandes (PR-SP) da acusação de infidelidade partidária. O parlamentar foi absolvido por 7 votos a 0 e se mantém como deputado.

Vale ressaltar que o apresentador e estilista foi eleito pelo povo com cerca de 500 mil votos, em 2006, e ficou entre os três mais votados do país.

Segundo a assessoria de imprensa de Clodovil, os ministros entenderam que ele “não desrespeitou a legislação eleitoral ao trocar seu anterior partido, o PTC, pelo PR, em setembro de 2007”.

Clodovil foi eleito em 2006, com 493.951 votos.

Para o relator do processo, Ministro Arnaldo Versiani, ficou clara a perseguição pessoal a Clodovil pelo PTC. Para ele, houve justa causa para o pedido de saída do partido:

“A permanência se tornou impraticável e a convivência insuportável”.

Fonte: O Fuxico


Tags: , , , , , ,

Não encontrou o que queria? Pesquise abaixo no Google.


Para votar clique em quantas estrelas deseja para o artigo

RuimRegularBomMuito BomExcelente (Seja o primeiro a votar)
Loading...



Enviar postagem por email Enviar postagem por email