MSN e e-mails pessoais consomem dinheiro das empresas

A internet, atualmente, é a ferramenta mais usada para comunicação em todo o mundo, pois é o meio mais rápido de dissipar informações. Com ela, elimina-se tempo e custos, pois é um meio de conseguir todas as informações que se precisa com apenas alguns toques no teclado.

Corporativamente essa ferramenta também funciona como um meio de divulgação de produtos, troca de informações com clientes, enfim, agiliza o processo dentro das empresas de forma positiva. Porém, ao avaliarmos essa ferramenta, sobre como ela é utilizada pelos funcionários, identificamos um problema que os gestores não percebem, ou até percebem, mas não sabem como mudar.

O problema é que a maioria dos funcionários que tem acesso a internet, passam, em média, 3 horas por dia em sites de relacionamento, checando e-mails pessoais, fazendo pesquisa de produtos ou conversando (MSN) com amigos.

A Smart Solutions, empresa que desde 1998 atua no mercado de consultoria, fez um levantamento e o resultado é preocupante. A partir de um cálculo simples, usando, por exemplo, uma empresa de pequeno porte com dez funcionários, com uma média salarial de 1 mil reais, foi possível calcular o prejuízo com a falta de produtividade de cada funcionário que passa seu tempo na internet resolvendo assuntos pessoais.

O funcionário que tem salário de R$ 1.000,00 por mês, recebe R$ 33,33 por dia e R$ 4,16 por hora. Sabendo que ele perde, em média, 3 horas por dia na internet com assuntos extra-profissionais, a empresa tem um prejuízo aproximado de R$ 275 por mês com cada funcionário. Isso equivale a uma perda de R$ 33 mil por ano do investimento salarial.

Fonte:segs

Muitas empresas já começaram a rever seus conceitos quanto ao uso de MSN e orkut no horário de trabalho.


Tags: , , , , , , ,

Não encontrou o que queria? Pesquise abaixo no Google.


Para votar clique em quantas estrelas deseja para o artigo

RuimRegularBomMuito BomExcelente (Seja o primeiro a votar)
Loading...



Enviar postagem por email Enviar postagem por email